[ editar artigo]

Camuflagem cálida

Camuflagem cálida

Em certos instantes, a gente sente a vida pesada, lúgubre e tem vontade de parar.

Mas aí, do nada, surge uma palavra cálida, uma mão estendida e as coisas voltam a fazer sentido.

Na próxima esquina pode haver só mais um sinal de trânsito e paralelepípedos soltos, mas atrás de um poste ou muro, o amor pode estar oculto, camuflado, porém, vivo.

Não há como desconsiderar os sinais, tampouco ignorar a beleza de sentir e ser...

 

Jossan Karsten

 

Colunistas - RIC Mais PR
Jossan Karsten
Jossan Karsten Seguir

Jornalista, publicitário e escritor.

Ler matéria completa
Indicados para você