[ editar artigo]

Meio...

Meio...

Gosto deste teu jeito de se achegar, meio gata, meio mulher.

Vem sempre sem avisar, me prega peças, fico surpreso e agradecido.

Amo este teu ato de se esbaldar no sofá, no tapete, na cama, sobre mim.

Vejo teus reflexos na cristaleira, na penteadeira, nos espelhos da casa, enfim.

Invade-me a alegria, quando, com código próprio, bate à minha porta.

Sabe que está aberta, mas não entra sem que eu abra e te chame.

Amo cada vez mais este teu jeito de se achegar, de se dar com força.

 

Em dias de frio, se aninha sob o edredom e se deixa ficar.

Lentos movimentos no roçar excitante da pele arrepiada.

Tua boca me procura e me engole num ritmo orquestrado, quase dança.

Gemidos ecoam pelo quarto e a vidraça sua exsudando gotículas de amor.

Em minha mente, mil desenhos se formam e explodem num coração pulsante.

Eu te procuro com minhas mãos frenéticas e encontro tua vertente única.

Como tigresa, me arranha sem piedade na ânsia louca do gozo intenso.

 

Em noites quentes de luar, é loba no cio que me aperta e me devora.

Morde meu pescoço e me faz gritar no ápice do prazer surreal.

Depois do ato, joga-se em minha frente, totalmente aberta.

Vejo para além do teu corpo, pois também penetro tua alma.

A seiva que te escorre demarca um território divino e puro.

Não desperdiço teu mel sorvo de ti até a última gota.

Meio gata, meio mulher, dorme um sono de paz, pois te velo.

 

Pela madrugada, influenciada pelas estrelas, me busca.

No chão do quarto, cavalga meu espírito que é indomável.

Deixa-se seguir na velocidade da luz intensa da vida.

Molha-me regando em mim todas as verdades ainda não ditas.

Quando se vira, mergulho de cabeça em tua gruta estreitíssima.

Então o céu se abre e uma orquestra de anjos canta poemas de amor.

E, cada vez mais, eu amo este teu jeito meio mulher, meio gata...

 

Jossan Karsten

Colunistas - RIC Mais PR
Jossan Karsten
Jossan Karsten Seguir

Jornalista, publicitário e escritor.

Ler matéria completa
Indicados para você