[ editar artigo]

Meteoro ímpar

Meteoro ímpar

Mesmo em velocidade extrema, um meteoro deixa sua beleza perfeita.

Meteoros espalham luz e calor, provocam sorrisos e aquecem as almas.

Num céu salpicado de estrelas, meteoros deixam marcas, riscam o espaço.

Meteoros mudam nossas vidas. Somos outros depois deles. Somos novos.

Há meteoros que no extasiam, pois chegam à forma de anjo e pairam.

 

Anjos são meteoros interestelares. Eles viajam no tempo. Partículas ínfimas.

Há muitos mundos para os meteoros, mas com uma única convergência, a de céu.

Um meteoro passou por aqui e hoje se foi, viajou em seu tempo e dança no firmamento.

Ficamos com as lembranças e o amor que se espalhou à forma de luz, sorriso, e graça.

Lucas viajou para outra esfera e se transformou em muitas estrelas. Brilha como o sol!

 

Vai, menino de sorriso largo que em sua fragilidade encheu a todos de força.

Do alto, do espaço sideral, vele por nós que continuamos por aqui e caminhamos.

Encha, pois, de bênçãos este céu que sempre foi tua casa e para onde retornou.

Do alto, bem do alto, integre-se ao coro dos milhares como você e cante. Somos plateia.

Eu quero ouvir daqui tua sinfonia nesta voz que se perpetuará. Serei sempre teu fã...

 

Nesta jornada, menino de luz, espalhe este amor que espalhou na terra.

Pelas galáxias, deixe teu brilho que é real, que é intenso e de calor imensurável.

Meteoros são assim, rápidos, carregados de energias positivas, são coloridos.

Meteoros são fábricas de saudade, pois num piscar de olhos, já se foram.

Ficamos aqui, Lucas. Estamos aqui e amamos tua luz. Amamos-te, para sempre...

 

Jossan Karsten

 

Colunistas - RIC Mais PR
Jossan Karsten
Jossan Karsten Seguir

Jornalista, publicitário e escritor.

Ler matéria completa
Indicados para você