[ editar artigo]

Operação solta Lula

Operação solta Lula

 

Eu ontem depois de muito tempo me propus a assistir o Fantástico, muito para acompanhar o caso Neymar.  Para minha surpresa a rede Globo apresentou duas matérias para prejudicar o governo Bolsonaro. Primeiro tentaram relacionar os ataques de traficantes as casas de religiões africanas aos evangélicos dando a entender que a base e o presidente pertencem a grupos de intolerância religiosa e com ramificação com narcotráfico. Não contentes com a palhaçada de mal gosto, a Globo foi além. Disse que teve com exclusividade acesso a  trechos comprometedores de conversas de Sérgio Moro, então juiz e membro da operação LAVA-JATO com os procuradores da operação. Segundo a montagem narradas pela Globo e pelo site Intercept induzem ao leitor e ao telespectador da Globo, que o juiz Sérgio Moro e os procuradores da Lava-Jata tentaram impedir que Lula fosse candidato a presidência. Eles só esquecem que Lula perderia as eleições de qualquer forma. Mas tirando as armações e manipulações da Globo e do site Interception, algumas perguntas me vêm à cabeça. A primeira é como o site e a Globo tiveram acesso a dados do telefone do ministro Sérgio Moro e dos procuradores da Lava-Jato? Será que esses hackers não são mais um grupo que atua na operação para anular as condenações do criminoso condenado, Luiz Inácio Lula da Silva? Porque as manifestações da educação só falavam de Lula livre? Porque Lula afirma que não vai usar tornozeleira como qualquer condenado que vai para regime progressivo cumprindo a pena domiciliar? Será que isso não é para que LULA faça pré campanha política, na esperança que o governo Bolsonaro caia com crime de responsabilidade fiscal e tenham novas eleições? Será que eles não entenderam que só ganham uma eleição se roubarem? E porque estão pregando eleições gerais? Será que temos um congresso que atingem diretamente os planos do PT?

O site O Antagonista publicou um artigo muito interessante que compartilharei com você e que levam a minha teoria a ter uma base muito bem fundamentada. Juntemos os pontos:

 

Maio/2019 - O Hacker israelense Tal Prihar é preso em operação conjunta entre Polícia Federal e FBI.

A casa do Hacker era antiga casa do Dirceu. Coincidência?

O Hacker em pouco "tempo" levantou U$15 milhões.

Junho/2019 - O site The Intercept Brasil do jornalista de esquerda Glenn Greenwald (amigo do presidiário Lula), "misteriosamente" aparece com transcrições dos celulares de procuradores e juízes da maior operação de combate ao crime organizado que este país já viu.

Apenas 1h... digo UMA HORA depois, os advogados do maior bandido deste país (Lula), já fala em soltura de seu cliente com base em conversas interceptadas por um hacke

"Coincidências" demais. E o mais inacreditável, é ver gente torcendo contra o Brasil, a favor da manutenção dos absurdos e roubos de antes.

Tal Prihar, o hacker israelense que foi preso em operação conjunta do FBI com a Polícia Federal, alugava uma casa em Brasília que foi usada por José Dirceu.

Presidente da OAB, filiado ao PCdoB quer a antecipação do regime progressivo de Lula. Perdeu várias vantagens com a saída do PT do governo Federal.

 Os ataques criminosos ao ministro Sérgio Moro e aos procuradores da operação Lava-Jato, e o acesso da rede Globo a  um material sigiloso que deveria estar sendo investigado pela polícia Federal só nos provou uma coisa até agora: Tem muiiiita gente com medo da aprovação do pacote ANTI CRIME.  

Colunistas - RIC Mais PR
Regis Schuch Junior
Regis Schuch Junior Seguir

Régis Schuch Júnior é um publicitário carioca , empreendedor na área de comunicação digital, pós-graduado em Marketing para a indústria do entretenimento , NYU, com curso especialização em Liderança Política e Youtuber.

Ler matéria completa
Indicados para você