[ editar artigo]

Sobrevoo da transfiguração

Sobrevoo da transfiguração

Faço uma viagem todos os dias por este universo novo.

Exploro teu corpo, meu templo de luz e calor.

Sou instrumento de condução das verdades criadas.

Mergulho no amor e respiro submerso, pois me transfiguro.

Dá-me o ar da vida. Refaço-me e pairo sobre a cidade.

 

Contorno tuas curvas. Há perigo. Eu avanço. Não temo.

Há em ti um gosto único, uma sensação indescritível.

Há perfeição no teu gozo explosivo. Partículas voam.

Pelas tuas coxas umedecidas, redesenho o caminho.

Há um traçado oculto por onde ando sem pressa.

 

Da tua fonte de água pura, eu bebo e me sacio.

Degusto teu néctar na ponta da minha língua. Perfeição.

Inalo teu aroma de fêmea endoidecida e respiro leveza.

Volto a percorrer teus caminhos. Sinto em mim teu prazer ímpar.

Na quentura das tuas coxas, a erupção necessária, a cura.

 

Não há meias-verdades em se tratando de ti.

Reina absoluta quando se trata de gozo, de prazer.

Vai às alturas e pousa sobre mim na mansidão da saciedade.

Depois me doma sem piedade até as múltiplas explosões.

Atomiza todo desejo e me molha num batismo de cores.

 

Todos os dias eu faço esta viagem em mim que te inclui.

É mais do que corpo, é mais do que pele, é alma e espírito.

Ao me vir, percebo as labaredas crepitando em teus olhos.

Embebia em desejo, me doma com sofreguidão de exímia amazona.

Quando grita no orgasmo, o amor ecoa e retumba pelos vales da vida...

 

Eu sinto tuas vertentes de fontes termais e afrodisíacas.

Banho-me nesta água que vem das profundezas do paraíso.

Purifica minha essência e sorri vencedora sobre meu corpo.

Devolve-me a paz depois da fúria galopante de suor e seiva.

Ao dormir, espíritos de luz sobrevoam teu corpo que já é divino.

 

Jossan Karsten

Colunistas - RIC Mais PR
Jossan Karsten
Jossan Karsten Seguir

Jornalista, publicitário e escritor.

Ler matéria completa
Indicados para você